Abrir Menu

Linhas de pesquisa, artigos e notícias sobre Psicanálise.

A MENTE NARCÍSICA: Transtorno de Personalidade em Discussão

A MENTE NARCÍSICA:


Transtorno de Personalidade em Discussão

Prof. Dr. Antônio Carlos Rocha Botelho*

 

RESUMO


“As características distintivas da mente são meramente subjetivas; nós os conhecemos apenas através do conteúdo de nossa própria consciência”. (Wilhelm Wundt)

A necessidade de ser admirado, amado, vida emocional frágil são algumas das características de pessoas com personalidades narcisistas onde os valores são consumidos e substituídos continuamente, posto que o homem moderno vive sem referências, não há regras nem modelos a se seguir.

Uma característica marcante da mente narcísica é a dificuldade de relacionamento com o outro. As origens de tais complicações remontam ao modo de perceber o outro, na capacidade de diferenciar eu/não-eu, fantasia/realidade, mundo subjetivo/mundo objetivo.

A mente narcísica é uma patologia que centra-se na auto apreciação relacionada, dentre outras, à identidade.

O objetivo desse estudo foi fazer uma reflexão sobre a influência da cultura contemporânea nas patologias do narcisismo.

A diversidade teórica sobre o narcisismo vem acompanhada de múltiplas manifestações clínicas ancoradas no termo em questão, não havendo como compreender a psicodinâmica dos pacientes sem considerar o narcisismo em seus aspectos saudáveis e patológicos.

Como são compreendidas e classificadas tais patologias variam; entretanto, parece haver um consenso centrado na característica principal dos indivíduos que apresentam esse transtorno e que são falhas na estruturação do self.

A metodologia empregada nessa pesquisa refere-se a uma revisão bibliográfica, qualitativa, descritiva.

Os artigos utilizados referem-se ao intervalo de publicação de 2005 a 2019 e perfazem o número de 50 artigos sendo 12 em inglês, 18 em espanhol e 20 em português.

Os resultados apontam para um transtorno de personalidade onde a subjetividade contemporânea manifesta-se como essencialmente narcísica; os resultados mostram ainda que esse transtorno pode envolver problemas de identidade.

Conclui-se ser importante ter noções de desenvolvimento humano ao se debruçar sobre uma mente narcísica tendo por base como o indivíduo estabelece seus relacionamentos; a dificuldade de trabalhar com esses pacientes pode explicar a crença de alguns profissionais sobre a impossibilidade de tratá-los.


PALAVRAS-CHAVE: Mente; Transtorno; Personalidade; Narcisismo; Homem.

Prof. Dr. Antônio Carlos Rocha Botelho: Pós-Doutor em Educação com ênfase em Psicologia Cognitiva; Doutor em Ciências da Educação; Pós-Graduação em Sócio-Psicologia; Graduação em Pedagogia; Graduação em Matemática; Bacharel em Psicologia. ID Lattes: 7181553954046820

VOLTAR